Inestética

Um Erro Sem Importância | Alexandre Lyra Leite

8 EUR
Título: Um Erro Sem Importância
Autor: Alexandre Lyra Leite
Género: Teatro

Prémio de Melhor Texto Teatral
Concurso "O Teatro na Década 1999"
Edição: Clube Português de Artes e Ideias
Livro; 21x13cm; 96 páginas

Texto original do espectáculo homónimo, estreado pela Inestética companhia teatral em 1998, no Teatro da Trindade - Lisboa, com encenação de Alexandre Lyra Leite.

"Certo dia, os exploradores portugueses chegaram a África e encontraram uma tribo indígena que exibia um sorriso fora do vulgar. Esse sorriso, simultaneamente malicioso e ingénuo, cedo perturbou os bravos do pelotão... Findas as apresentações, efectuaram-se as primeiras oferendas, diga-se de passagem que estas incluiam jovens mulheres gentilmente cedidas pela tribo aos portugueses, que em troca lhes ofereceram galos de Barcelos. Porém, depois de compensados, os futuros colonizadores repararam que os elementos masculinos da referida tribo esperavam no exterior das palhotas, com o tal sorriso colado ao rosto. Não satisfeitos com as doces oferendas que lhes tinham sido atribuídas, os portugueses decidiram, alguns dias após a sua chegada, arrasar a aldeia e deitar fogo às improvisadas casas de palha, pondo em fuga toda a tribo. No diário de campanha podia ler-se: Ao décimo terceiro dia do mês de Janeiro, encontrámos uma tribo que sofria de uma doença rara e nunca vista no reino. Esta doença, cujas consequências e evolução desconhecemos, manifesta-se através de um sorriso cretino, pelo que decidimos chamar-lhe cretinismo."